Partners
Museu Berardo
Bacalhôa Vinhos de Portugal
Fundação Berardo





Copyright herdeiros do artista
 Schwitters, Kurt (1887 - 1948)
Alemanha

Rudol 333, 1939

Lápis e colagem sobre papel de embrulho;
41.5 x 32.5 cm
Dada

UID 102-521



Biografia

Pintor, escultor, designer e escritor alemão, estudou na Kunstakademie em Dresden entre 1909 e 1914. No início, a sua pintura começou por ser naturalista e depois impressionista, até ter contacto com a arte expressionista, particularmente aquela associada ao movimento Der Sturm. Pintou paisagens misteriosas e apocalípticas e escreveu poesia expressionista para a revista Der Sturm. Em Berlim, ao conhecer Hans Arp, Raoul Hausmann, Hannah Hšch e Richard Huelsenbeck, associou-se ao movimento Dada e começou a fazer colagens, a que dava o nome de Merzbilder. A partir de então o termo "merz" tornou-se o nome para o movimento e filosofia particulares de Schwitters. Apesar do seu trabalho estar impregnado de alusões às condições políticas e culturais da época, nunca foi satírico ou polémico. Entre 1922 e 1930 colaborou e foi amigo de El Lissitzky e Theo van Doesburg. A sua revista Merz, publicada irregularmente entre 1923 e 1932, dedicou bastante atenção às ideias e à arte do Construtivismo. Em 1924 estabeleceu a sua própria agência de publicidade e design em Hannover, onde promoveu novas formas de tipografia. O seu projecto mais importante realizado entre as duas Grandes Guerras foi Merzbau, uma vasta construção escultórica que ocupou grande parte da casa e do estúdio do artista. Cerca de 1930 colaborou com a revista parisiense Cercle et Carré e juntou-se ao grupo Abstraction-Création. Em 1937 participou na exposição Entartete Kunst e construíu um segundo Merzbau em Lysaker. Entre 1940 e 1941 esteve preso num campo na Isle of Man e em 1945 mudou-se para Little Langdale, onde se dedicou sobretudo à pintura de retratos para ganhar a vida. Realizou algumas colagens a partir do imaginário das revistas americanas que, de certa forma, anteciparam a Arte Pop e alargaram a tradição Dada das colagens.



Exposiçõess

Erich Kahn - Geração Esquecida Judeu Sobrevivente Expressionista Alemão
Sintra Museu de Arte Moderna - Colecção Berardo (SMAM-CB), Portugal
05-05-2005 ~ 09-10-2005

Colecção Berardo Collection 1917-1999
Centro Cultural de Belém (CCB), Portugal
27-01-2000 ~ 27-08-2000

Territórios Singulares na Colecção Berardo
Sintra Museu de Arte Moderna - Colecção Berardo (SMAM-CB), Portugal
22-10-2002 ~ 28-02-2003

Liberdade de Imprensa Colecção Berardo
Galeria Diário de Noticias, Portugal
15-03-2006 ~ 05-05-2006

Fernando Lemos e o Surrealismo - Colecção Berardo
Sintra Museu de Arte Moderna - Colecção Berardo (SMAM-CB), Portugal
26-11-2005 ~ 18-06-2006

Fernando Lemos e o Surrealismo - Colecção Berardo
Centro das Artes Casa das Mudas, Calheta, Madeira, Portugal
08-07-2006 ~ 31-01-2007

Desenho de Escritores
Museu Colecção Berardo, Portugal
01-09-2008 ~ 01-11-2008

Tudo o que é Sólido
Museu Colecção Berardo, Portugal
07-06-2010 ~ 12-09-2010

Observadores
Museu Colecção Berardo, Portugal
14-02-2011 ~ 29-05-2011


Bibliografia

Colecção Berardo Collection 1917-1999, 2000
Published by CCB - Centro Cultural de Belém
ISBN 972817652X

Colecção Berardo, Novas Aquisições, 2000
Published by Arte Ibérica

Erich Kahn - Geração Esquecida Judeu Sobrevivente Expressionista Alemão , 2005
Published by Sintra Museu de Arte Moderna - Colecção Berardo
ISBN 9729903018

Fernando Lemos e o Surrealismo – Colecção Berardo, 2006
Published by Centro das Artes - Casa das Mudas
ISBN 9728902034

Liberdade de Imprensa Colecção Berardo, 2006
Published by Diário de Notícias
ISBN 9729335923

Territórios Singulares na Colecção Berardo, 2002
Published by Sintra Museu de Arte Moderna - Colecção Berardo
ISBN 972974288X







Colecções em Destaque









© 2017 The Berardo Collection All Rights Reserved.